quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Trilho Pitões das Junias a Pedra Laço por Fonte Fria

Trilho na magia de Pitões das Junias...
Mais um feriado, mais uma viagem de sonho e esta na magia de Pitões passando pelas Gralheiras, Fonte Fria, Pedra Laço, Ponte dos Fornos entre outros. Nove horas da manhã e já estávamos na Taberna Terra Celta com nosso amigo Bruno para um café quentinho, encontramos nosso amigo Luis de Lisboa e depois dos cumprimentos inicíamos trilho.  Junto à padaria de Pitões viramos pelo caminho que vai à Ribeira das Aveleiras onde esta se cruza com a Ribeiro de Valongo para aceitar suas aguas, continuamos até Calçada dos Espinheiros seguimos até Ribeiro dos Fornos apanhando caminho de Pé Posto à direita paralelo ao ribeiro passando pelo Pico da Carvalhosa a nosso lado esquerdo e Fraga da Espínheira do lado direito continuando até Fraga da Franjuseira, viramos esquerda e inicíamos subida até às Gralheiras onde avistamos um Fato de Cabras Montesas cerca de vinte animais onde estivemos por um bom espaço de tempo apreciando seus movimentos, também encontramos um grupo de caminhantes com o amigo Aurélio Costa. Após cumprimentos seguimos para a direita até marco fronteiriço G 208 nas Gralheiras e eles para a esquerda. Depois de muita foto nas maravilhosas formas graníticas e paisagens circundantes decidimos ir até Fonte Fria sempre pelos Marcos fronteiriços registando passagem. Chegados à Fonte Fria encontramos novamente o grupo do amigo Aurelio e como não podia deixar de ser, subir ao seu topo e mais umas fotos e novos registos de tamanha beleza, respirar um pouco de felicidade pois ali parece que temos o nosso mundo a nossos pés. Após algum tempo de contemplação de tal magia descemos e almoçamos na sua base, como ainda era cedo decidimos ir visitar a famosa Pedra Laço (pois parece um Laço) é um lugar encantador também cheio de magia e enquanto para lá caminhávamos mais um Fato desta vez oito valentes machos nos observando. Paramos e o tempo parou com nós, eram lindos e magestosos ficamos ali escondidos para que aquele momento não acabasse. Passados cerca de cinco minutos desapareceram como se nunca lá tivessem estado. Continuamos até à Pedra Laço, mais algumas fotos e pergunta-mos um ao outro por onde agora. Sabíamos que à nossa frente tínhamos Cabeço do Fitoiro e atrás de nós Fonte Fria e como estávamos mais ao menos entre os dois a Este estaria a Cabana e Curral da Tulha, porque não espreitar pois parecia existir trilho para lá, fomos então em direção a Este por um trilho de animais mas com algumas timidas Mariolas mas trilho fácil e limpo. Ao fim de algum tempo lá encontramos trilho de Pé Posto que vem da Roca Sendeia para o Curral da Tulha. Chegados a este trilho mais uma duvida se fossemos para a Tulha depois teriamos de voltar atrás ou seguir por Rebolo da Porca e teríamos a famosa subida até Pitões,  não chegamos a consenso, optamos por virar à esquerda  e passar a Corga da Tulha para o outro lado e apanhar trilho que vem da Fonte Fria para a Ponte dos Fornos apanhando a Calçada da Espinheira e daqui para Pitões, onde como não podia deixar de ser mais uma visita à Taberna e lá encontramos novamente nosso amigo de Lisboa o Grande Luis.
Mais um trilho fantastico no Reino da Magia com uma Real companhia a Célita da Montanha.

Distancia- 19. 14 Km     Duração- 09 h 38 m    Dificuldade- Dificil


Para ver as fotos clikar sobre as fotos e assim sucessivamente



































































































3 comentários:

  1. Parabéns pela força, espírito de aventura, as fotos lindas. Excelente equipa a dois?
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sr Matos Oliveira, Obrigado pela visita.
      Abraço

      Eliminar
  2. lindo...muito lindo. Obrigado pela partilha. Mais um na lista de espera para seguir as vossas pegadas.

    ResponderEliminar